FANDOM


Território: 24 milhas no sul da península;

Língua: Comum, a nobreza também fala Ruathim;

Religião: Nenhuma religião oficial. A maior parte da nobreza segue O Triumvirado, enquanto comerciantes e o povo comum prefere As Gêmeas;

Denonimo: Valeniano;

Governo: Eleitorado;

População: 1 milhão, a maior parte na cidade em si;

Demografia: 60% humanos, meio-elfos 10%, elfos 8%, anões 7%, halflinfs 5%, gnomos 2%, meio-orcs 2%, Thri-Kreen 2%, Gith 2%, Outros 2%. Valen2

A Cidade Edit

Valen foi construída sobre quatro morros baixos e arredondados, um dos quais se projeta em direção ao mar em uma série de belíssimos penhascos. Valenhold, o palácio da cidade, é construído bem na ponta desse morro, enquanto a cidade cresce sobre os outros três, assim como nos vales entre eles.

O Rio Brighwater flui do norte, cortando a cidade ao meio. No Leste está Valenhold e a Cidade Velha, o antigo coração da cidade. No outro banco do rio está a metade jovem da cidade, a maior parte da qual foi construída urante o tempo do Império. Também construída nessa época foi a Ponte Imperial, tão grossa quanto um quarteirão. Da manhã até o por do sol, um grande mercado é erguido na ponte, com barracas coloridas e produtos de todos os cantos do mundo. Após o anoitecer, a feira é removida e a ponte se torna a principal rota entre as duas metades da cidade, com dezenas de carruagens e vagões a atravessando a todo momento. Muitas das melhores lojas na cidade foram construídas próximas à Ponte Imperial, e possuem placas grandes e bem ilustradas, visíveis a partir da ponte.

No lado oeste do rio, bem onde ele chega ao mar, está a embaixada e monastério do Reino do Mantis Celestial. Construída três anos atrás durante a guerra, a estrutura recentemente se tornou um local de conflito entre os nativos os Thri-Kreen visitantes. Não há como ignorar o fato de que a estrutura é construída como se fosse uma fortaleza, e todos os centenas de moradores usam armas abertamente, e parecem muito habilidoss com elas. Muitos temem que isso é o primeiro preparativo para uma invasão.

Valen assume controle sobre um território de vinte e quatro milhas em todas as direções a partir da torre de guarda mais exposta na cidade. Nos limites desse território, o controle é pouco, e há vilas e castelos que sequer reconhecem o governo da cidade. A maior parte desse território, porém, são terras bonitas e férteis, densamente habitadas, marcadas com fazendas e pequenas florestas bem controladas, nas margens das quais vivem madeireiros e caçadores. Existem, ainda, alguns bosques habitados e defendidos por elfos e seus aliados.

História Edit

Valen foi fundada há dois milênios e meio, por um grupo de imigrantes que vieram de muito longe, os mesmos imigrantes que fundaram Spinal. Por um tempo as duas cidades e as muitas vilas entre elas foram uma aliança livre, trabalhando juntos na defesa de sua cultura e terra natal.

Apesar de ser geograficamente distante e pouco importante, desde a fundação dessas duas cidades, elas mostraram sinais de grandeza. Há muitas histórias da incrível magia que foi aplicada durante a fundação das cidades, alterando o relevo da península em si e tornando-a perfeita para habitação. Nos milênios desde então, Valen se tornou uma cidade de filósfos, sábios e artistas, uma cidade maravilhosa para os pensadores livres, bem no limite da civilização.

O Império de Samarach chegou seis séculos atrás, e com ele veio uma nova era. Apesar do império ser odiado na atualidade, a verdade é que o reino imperial foi no geral bastante benéfico, trazendo grandes obras de infra-estrutura, e ligando Valen ao resto de Eryx e Faytan com elos de comércio. Quando o império saiu da Península Valenpoint, sessenta anos atrás, a cidade tinha se tornado o que é hoje.

Cinco anos atrás um força misteriosa começou a avançar nas sombras. Aldeias inteiras desapareciam, uma de cada vez. Quando os mortos-vivos surgiram abertamente, eles emergiram de cavernas e passagens subterrâneas in números assustadores. Toda cidade e vila da península teve que lutar para se defender, mas apenas Valen lutou não apenas para sua própria segurança, mas tentou também defender toda a península. Aliando-se com Reino da Mantis Celeste, no distante continente de Klinerra no leste, assim cmo com os elfos de Seldarra no Noroeste, Valen montou uma resistência brava e bem organizada. Cavaleiros percorreram toda a península, defendendo cada vila e aldeia que encontravam. Eles salvaram dezenas de milhares de vidas.

Quando a guerra acabou, Valenpoint estava mudada. Uma confederação havia se formado entre a península e seus aliados, e Valen era indiscutivelmente o coração da união.

Governo Edit

O Ministério: Um ministério governa Valen. Tradicionalmente, ele é sempre composto de 11 indivíduos: um Lorde Administrador, que é o chefe de estado, um Lorde Tenente, que comanda as forças armadas e ganha poderes executivos durante guerras, e três ministros para cada um dos grupos da população: A nobreza, os comerciantes, e os plebeus.

Membros notáveis:

O Senado: Um senado é onde se fazem as leis que regem a vida em Valen. A participação no senado é vitalícia, e exceto alguns poucos senadores que possuem deveres adicionais à cidade, não há pagamento para esse trabalho. Portanto, a maioria dos senadores possui uma segunda ocupação ou fonte de renda. O Senado de Valen atualmente conta com quatrocentos senadores, mas apenas metade deles precisa estar presentes para uma seção do senado ter validade legal.

As Cortes: A Alta Corte é a corte de lei mais alta de Valen. Disputas geralmente são resolvidas no nível local, por pequenas cortes em cada condado que são compostas de um juíz, um estudioso das leis, e um plebeu local. Quando indivíduos discordam dos resultados de uma corte local, eles podem apelas à Alta Corte de Valen, e julgar esses casos é a principal função desse órgão. Adicionalmente, a Alta Corte lida com os crimes mais altos, tais como sedição e alta traição. Ministros e senadores tem o direito de exigir que apenas a Alta Corte julgue seus casos. A Alta Corte é composta de um Primeiro Juíz e oito Altos Juízes.

Membros notáveis:

As Forças Armadas: Valen conta com quatro grupos distintos de forças armadas. A Guarda da Cidade busca manter a lei e ordem dentro da cidade em si, e focam-se em policiar suas ruas. A Frota patrulha a Baía de Valen, e ocasionalmente as outras águas próximas à cidade. A Milícia é chamada quando há guerra, mas poucos servem durante a paz. Os Cavaleiros são uma força composta inteiramente de voluntários, todos eles nobres.

O Clero: As igrejas do Triumvirado e das Gêmeas possuem grande influência sobre a cidade em si, mas elas não possuem nenhum poder formal sobre o governo de Valen. Essa não era a situação durante o reinado do Império, e muitos pedem pelo retorno da posição de Lord Capelão no ministério.

Membros notáveis:

Representantes estrangeiros: Valen possui elos diplomáticos com muitas cidades e nações, e a maioria dessas possuem embaixadas na cidade. É notável nesse quesito o Reino do Mantis Celestial, que possui uma embaixada semelhante a uma fortaleza no coração a cidade.

O Submundo: Em toda cidade há crime, e uma cidade que recebeu trezentos mil refugiados na última década não seria excessão. A Guarda da Cidade faz um bom trabalho no que se trata de restringir o crime violento, mas muitos indivíduos ganham grande poder na cidade e em seus territórios através de meios ilegais

Membros notáveis:

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.